Palavracom's Blog


Projeto de lei que institui selo a estabelecimentos que evitam desperdício de alimentos é bem visto pelo setor no estado
abril 24, 2013, 10:29 pm
Filed under: Sustentabilidade, Turismo

 

O projeto de lei do Deputado Federal Jorginho Mello (PR), que institui a criação do selo Estabelecimento Sustentável, destinado a mercados, restaurantes, bares e congêneres que adotarem medidas para evitar o desperdício de alimentos, foi bem visto pelo setor no estado. Para o presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Fhoresc), Estanislau Bresolin, o projeto é positivo e só tem a acrescentar. “É uma iniciativa que não vem para punir, mas sim para propor uma melhoria da qualidade dos serviços prestados e com alcance social”.

Segundo o Beto Barreiros, presidente do Conselho Estadual da Confederação Nacional do Turismo (CNTur), se não contemplar tributos, o projeto é favorável. “Tudo o que prevê melhorias ao setor é bem vindo, desde que não haja ainda mais custos”, avalia.

De acordo com o projeto, os estabelecimentos que conquistarem o selo, após o cumprimento de uma série de critérios técnicos, poderão usá-lo para promover a empresa e seus produtos. O órgão federal de Turismo irá conceder o selo mediante solicitação dos proprietários dos estabelecimentos e divulgará o nome das empresas em seu site e em programas e projetos de promoção do turismo no Brasil.



Taxa de ocupação hoteleira em Florianópolis em 2012 está acima da média das principais capitais brasileiras
abril 22, 2013, 9:31 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags: ,

Pesquisa revelou média de 4,1% de queda na ocupação em 2012 em seis capitais, enquanto Florianópolis registrou alta de 1,6%

Em comparação com a média de outras capitais brasileiras, o setor hoteleiro de Florianópolis pode se considerar um alvo menos certeiro do respingo negativo referente ao baixo crescimento do PIB, à lenta recuperação econômica americana e à crise europeia. De acordo com uma pesquisa divulgada quinta-feira (18), feita em seis capitais pela HotelInvest, em 2012 a taxa de ocupação dos hotéis tiveram queda de 4,1% em relação ao ano anterior, e em contrapartida, houve um aumento de 8% nas diárias. As cidades pesquisadas foram São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba.

Já em Florianópolis, estudos realizados mensalmente pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) do município, revelaram que, ao contrário desta média, a capital catarinense registrou leve alta de 1,6% na ocupação em 2012, em relação ao ano anterior. Para Tarcísio Schmitt, presidente do SHRBS, é mais um motivo para comemorar. “Esse aumento, apesar de pequeno, pode ser considerado muito bom para o período, principalmente se comparado às demais capitais.”.



Entidades avaliam resultado das urnas em Florianópolis

Sinduscon, CDL, AsBEA, Acatmar e Sindicato de Hotéis, que participaram do debate eleitoral, traçam expectativas sobre o prefeito eleito

Um dia após Cesar Souza Júnior (PSD) ser eleito prefeito da Capital, entidades representativas começam a traçar expectativas em relação à futura administração municipal em Florianópolis. Ricardo Fonseca, presidente da AsBEA SC (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura de SC), espera que as promessas de campanha sejam efetivamente cumpridas. “São muitos os desafios: crescimento imobiliário e preservação ambiental”, antecipou Fonseca, apostando numa gestão moderna e focada melhoria na qualidade de vida da população. Entre as promessas de campanha, a AsBEA vai cobrar do eleito a reformulação do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf). “Ele deve transformar-se num órgão verdadeiramente planejador, que dê as respostas que a cidade precisa e o mundo moderno exige”, defendeu o dirigente.

Sobre a relação da cidade com o mar, o presidente da Associação Catarinense de Marinas (Acatmar), Leandro “Mané” Ferrari, sugere  “a criação e legalização das marinas, o fomento dos esportes náuticos, entre outras atividades, trazem, literalmente, um mar de oportunidades, que, bem administradas, podem transformar nossa realidade”. O fato de o prefeito eleito ter sido Secretário de Turismo é um fator positivo, na avaliação de Tarcísio Schmitt, que preside o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) da Capital: “espero que o turismo ganhe maior abertura, tanto para obter mais recursos, quanto para colocar Florianópolis na vitrine do Brasil e do mundo. Espero também que o novo prefeito eleja um Secretário Municipal com experiência, tenha autonomia e liderança para decidir sobre as inovações e melhorias para o setor”.

Para o presidente do Sindicato da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon), Helio Bairros, o momento é de serenidade, devendo os eleitos focar no desenvolvimento, geração e empregos e renda na Capital. “Neste momento em que a receita dos municípios está em xeque, os administradores tem que tomar medidas que potencializem o desenvolvimento sustentável e ajudem na geração de oportunidades para todos”, observa Bairros.

A vitória de Cesar Souza Junior foi bem recebida no comércio varejista da Capital. Embora a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Florianópolis não tenha apostado em nenhuma das candidaturas, o presidente da entidade, Pedro Paulo Abreu mostra-se otimista e confiante nas promessas. “Principalmente em relação ao comércio, porque quando se fala em saúde, em segurança, em planejamento urbano, também se fala em comércio. Não vou dizer que a entidade vai ‘sugerir’, porque não foi a entidade que propôs, mas vai ‘exigir’ que ele cumpra o prometido”, observou Pedro Paulo. Ele acredita que o prefeito eleito conseguirá apoio na Câmara de Vereadores ao demonstrar, na prática, de que é um bom gestor.  “O prefeito é o novo e boa parte da Câmara também é nova. Facilita por ser tudo novo, sem os vícios antigos”, aposta.



CDL e Prefeitura entregam primeira fase da revitalização da Jerônimo Coelho
outubro 15, 2012, 6:52 pm
Filed under: Comércio, Turismo, Urbanismo

Projeto transforma via do Centro na primeira ‘rua temática’ da Capital, como homenagem ao patrono da imprensa catarinense

Painel inaugurado no dia 11 traz informações históricas sobre Jerônimo Coelho

 

O Núcleo do Centro Histórico da CDL de Florianópolis, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras, entregou à população nesta quinta-feira (11) a primeira fase das obras de revitalização da rua Jerônimo Coelho, importante via comercial do centro da Capital, iniciadas em maio. A entrega simbólica foi feita mediante o descerramento de um painel na esquina das ruas Jerônimo Coelho e Felipe Schmidt, homenageando o patrono da imprensa catarinense. O painel identifica a via como “a primeira rua temática de Florianópolis, celebrando a imprensa e a comunicação”.

Na segunda fase do projeto de revitalização, a cargo do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf), a rua deve justificar seu caráter temático e receber iluminação e mobiliário compatíveis com o tema imprensa. Além disso, as fachadas dos prédios devem ser repaginadas para remeter a seu caráter histórico. “Que as pessoas olhem para os prédios e se lembrem do passado, tudo tem vida, tudo fala”, disse Sidnei Escobar, coordenador do Núcleo do Centro Histórico.

“Esta obra representa um passo fundamental para a revitalização do centro histórico de nossa capital, e casa perfeitamente com outros projetos desenvolvidos pela entidade, como o roteiro autoguiado do Centro Histórico”, comentou Pedro Paulo de Abreu, presidente da CDL de Florianópolis.  Para ajudar a estabelecer o clima de resgate histórico que se espera da rua, o jornalista Manoel Timóteo de Oliveira, diretor de Promoção e Eventos da Associação Catarinense de Imprensa (ACI) – também parceira da CDL no projeto – comprometeu-se a fornecer a reprodução da primeira página do antigo Diário Catarinense, dos Diários Associados, cuja redação, segundo ele, ficava na Jerônimo Coelho.

         “Temos várias ruas no Centro que necessitam de revitalização. Estamos buscando parceiros, como a CDL de Florianópolis, para dar dinamismo à obra e à cidade. Este projeto da Jerônimo Coelho foi feito da forma como gostamos de fazer: em parceria”, ressaltou o secretário municipal de Obras, Luiz Américo Medeiros. A ideia da CDL, segundo o gestor de Negócios Hélio Leite, é transformar a Jerônimo Coelho num polo de eventos culturais.



Candidatos à prefeitura da capital apresentarão propostas para o desenvolvimento do turismo
julho 6, 2012, 7:45 pm
Filed under: Comércio, Turismo | Tags: , ,

Encontro deles com lideranças empresariais e comerciais será realizado na CDL de Florianópolis

Segunda e terça-feira próximas, 9 e 10 de julho, presidentes, diretores e membros das entidades representativas do trade turístico e empresarial de Florianópolis vão conversar com três dos seis candidatos à prefeitura da Capital. O principal assunto da conversa será o desenvolvimento do turismo local.  Cada um será questionado sobre os projetos e propostas para esse importante vetor econômico da cidade.

Confirmaram presença Gean Loureiro (que vai ser ouvido na segunda-feira, das 10h30 ao meio-dia), César Souza Júnior (também na segunda-feira, das 15h30 às 17 horas) e Ângela Albino (que será recebida na terça-feira, das 9h30 às 11 horas). O Encontro com os candidatos será realizado no auditório José Dias, na CDL de Florianópolis (rua Felipe Schmidt, 679, Centro). Pelo tempo reduzido e formato do evento, não serão admitidos questionamentos da plateia.

Estarão presentes representantes da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC), Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau (FC&VB), Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA), Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS), Associação das Pousadas de Florianópolis (POUSAR), Associação FloripAmanhã, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Florianópolis, Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis (AEMFLO)/CDL de São José, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), ASSESC e Instituto Federal de Santa Catarina.



Ocupação média dos hotéis em Florianópolis chega a 80% no Carnaval
fevereiro 24, 2012, 5:50 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags:

Nas praias, leitos tiveram aumento de 18,5% em relação ao ano passado

Cinco dias de sol, praias e centro lotados e um dos melhores resultados para a hotelaria nos últimos anos. O Carnaval de 2012 teve uma ocupação média de 79,8%, segundo o Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Florianópolis (SHRBS), índice 10,4% superior ao registrado no ano anterior – 72,3%. Nas praias da Capital, a média foi de 88,5%, um aumento de quase 20% na comparação com 2011. Outro crescimento relevante foi nos hotéis do continente, que tiveram ocupação de 66,9%.

Para o presidente do Sindicato, Tarcísio Schmitt, uma combinação de fatores ajudou o setor a registrar este aumento. “O calendário foi o mais importante fator, pois o Carnaval em fevereiro atrai muito mais turistas do que em março, quando muitos já retornaram das férias. Além disso, tivemos um clima muito favorável, com sol e calor durante todo o feriado”, lembrou. “As festas nas praias e a tradição dos blocos no centro e bairros, além do desfile das escolas de samba também ajudam Florianópolis a se tornar um dos principais destinos do sul do país durante o Carnaval”, acrescenta Schmitt.




Carnaval 2012 deve ter ocupação superior ao ano passado em Florianópolis
fevereiro 15, 2012, 4:43 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags: ,

No centro e praias, hotéis devem ter mais de 80% de lotação

 O Carnaval deste ano promete ser melhor do que o de 2011 para os hoteleiros de Florianópolis. A dois dias do início da folia, a perspectiva do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (SHRBS) da Capital é de uma ocupação média de 77,8% dos leitos, percentual superior aos 73,4% registrados no ano passado. Para Tarcísio Schmitt, presidente da entidade, a explicação está no calendário: “está comprovado que quando o Carnaval acontece em fevereiro, é muito melhor para o setor turístico”. Em 2011, a festa aconteceu em março, período em que a maioria dos brasileiros já está trabalhando e estudando, o que prejudica destinos turísticos como Florianópolis.

De acordo com a expectativa dos hoteleiros, a ocupação nas praias e no centro da cidade, onde ocorrem as principais festas e desfiles de blocos e escolas de samba, deve ser superior a 82%, uma variação de 8% frente ao ano passado. “A temporada deste ano tem tudo para ser melhor que a de 2011. Dependendo do Carnaval, fevereiro pode fechar com movimento até  15% superior” , calcula Schmitt.