Palavracom's Blog


Ocupação do Setuf é um absurdo e só prejudica a população, manifesta-se presidente Waldir Gomes
julho 4, 2013, 9:13 pm
Filed under: Transporte

Dirigente critica cerceamento do direito dos usuários de recarregarem seus cartões

 A ocupação do posto do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Grande Florianópolis (Setuf) no Terminal de Integração do Centro (Ticen) por manifestantes do Movimento do Passe Livre (MPL) foi duramente criticada pelo presidente Waldir Gomes. “É um absurdo. Eles estão cerceando o direito dos usuários de recarregarem seus cartões. Este movimento só está prejudicando a população e tumultuando o dia a dia da cidade”, afirma.

Sobre as negociações com os trabalhadores do transporte coletivo, Gomes e os empresários do setor aguardam para segunda-feira (8/7) a decisão dos desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SC) sobre as cláusulas da convenção coletiva. “Houve uma negociação com os trabalhadores, mas ela foi infrutífera. Agora aguardamos a decisão judicial para acabar com o impasse. Desde o início deixamos claro que não haveria negociação quanto à redução da jornada, isso não é viável neste momento”, finaliza.

Anúncios


Setuf convoca trabalhadores do transporte coletivo para cumprirem determinação do TRT-SC
junho 9, 2013, 6:13 pm
Filed under: Transporte | Tags: , , ,

Acórdão da justiça do trabalho e edital de convocação foram fixados nos quadros de aviso das empresas nos terminais rodoviários

Trabalhadores lêem edital de convocação fixado no quadro de avisos das empresas.

Trabalhadores leem edital de convocação fixado no quadro de avisos das empresas.

Enquanto aguarda uma decisão dos trabalhadores do transporte coletivo sobre a proposta apresentada na última sexta-feira (8/6), o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Grande Florianópolis (Setuf) age para cumprir à determinação do Tribunal Regional do Trabalho que estabeleceu manutenção de frota mínima de ônibus caso seja deflagrada greve da categoria. Neste domingo (9/6), as empresas fixaram nos quadros de aviso dos terminais rodoviários o acórdão da justiça trabalhista e um edital de convocação para que todos os funcionários se apresentem normalmente no seu posto de trabalho nesta segunda-feira (10).

A convocação nominal aos trabalhadores tem por finalidade o cumprimento à decisão do TRT, explica o presidente do Setuf, Waldir Gomes. “Estamos tomando todas as medidas cabíveis para cumprir o que o Tribunal estabeleceu e evitar que a população da Grande Florianópolis que depende do transporte coletivo seja prejudicada em caso de greve. Para isso, os trabalhadores do sistema devem se apresentar nesta segunda (10) para dar cumprimento às escalas de trabalho que serão estabelecidas”, ressalta.

Além de publicação da convocação nos murais, um comunicado do Setuf e do SETPESC com o mesmo objetivo foi veiculado nas principais emissoras de rádio da região neste domingo (9).

 Abaixo mensagem veiculada nas rádios:

 Atenção trabalhadores das empresas de transporte coletivo 

O SETUF e o SETPESC convocam todos os trabalhadores das empresas que operam o transporte coletivo da Grande Florianópolis a cumprirem suas jornadas de trabalho regulares, em obediência à determinação judicial do Tribunal Regional do Trabalho, que exigiu a manutenção de cem por cento dos horários de pico e cinquenta por cento dos demais horários, a partir da zero hora desta segunda-feira.



Setuf repudia ações do Sintraturb e classifica redução de horários de irresponsável
fevereiro 14, 2013, 8:21 pm
Filed under: Transporte

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Florianópolis (Setuf) vem a público repudiar a decisão do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano da Grande Florianópolis (Sintraturb) de fazer paralisação nesta quinta-feira (14) e reduzir unilateralmente o horário de circulação dos ônibus na Grande Florianópolis a partir desta sexta-feira (15). Segundo Waldir Gomes, presidente do Setuf, o ato de hoje trouxe muito preocupação aos usuários e a medida prevista para amanhã é irresponsável, pois trará prejuízos a todos os que dependem dos coletivos para trabalhar, estudar ou cumprir obrigações pessoais.

Gomes acrescenta que ao tomarem tal decisão os trabalhadores do setor estão prejudicando os cidadãos que mais precisam do transporte público e isso em nada contribui para a retomada da segurança e paz no dia a dia da Capital. “O sentimento da maioria (empresários, autoridades e população) é de que somos reféns de sindicalistas de plantão, que se aproveitam da situação, para aumentar o clima de tensão e intranquilizar os usuários do transporte público”, ressalta.



Nota de repúdio SETUF – Ato irresponsável do Sintraturb deve ser criminalizado
novembro 28, 2012, 8:21 pm
Filed under: Transporte | Tags: , , ,

A cidade não pode ficar refém das atitudes irresponsáveis da direção do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano da Grande Florianópolis (Sintraturb), que paralisou durante 1h30 as linhas de ônibus na manhã desta quarta-feira (28) em Florianópolis.

O motivo? O apoio dos dirigentes sindicais à greve dos trabalhadores da saúde. Sabemos que o problema é sério, mas deve ser tratada pelas partes envolvidas, sem levar prejuízo a quem depende do transporte coletivo.

Temos a convicção de que esta atitude não partiu dos motoristas e dos cobradores, mas obra exclusiva da diretoria do sindicato. Uma atitude desprezível, especialmente depois da onda de ataques a ônibus que aterrorizou os usuários do sistema e trouxe prejuízos consideráveis à  sociedade.

Por este motivo, o Sindicato das Empresas do Transporte Público (Setuf) e as empresas vão acionar juridicamente o Sindicato dos Trabalhadores para evitar que novas atitudes descabidas como esta se repitam, levando o caos à população.

A direção
SETUF 



Posição SETUF – greve no transporte em Florianópolis
maio 24, 2012, 5:17 pm
Filed under: Mobilidade, Transporte | Tags: , , ,

Redução de jornada com ganho real de salário: equação economicamente inviável

Após várias reuniões desde o mês de abril entre os sindicatos patronal e laboral, as negociações para a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) do transporte de passageiros em Florianópolis estagnaram em função de um impasse.

O Sintraturb, que representa os trabalhadores do setor, quer a extinção da jornada de 6h40, fazendo com que todos que estão enquadrados neste regime passem a fazer 6h.

Contudo, o que o Sintraturb exige como condição para não haver greve da categoria na cidade já existe. As empresas que operam na Capital oferecem os turnos de 3h, 6h e 6h40, sendo que a maioria absoluta dos trabalhadores (motoristas e cobradores) escolhe a jornada de 6h40 em função de alguns benefícios como:

• Uma hora de intervalo – a jornada de 6h tem intervalo de 15 minutos
• Possibilidade de outros ganhos– quem faz 6h não pode fazer hora extra, por exemplo.

Portanto, como a CCT em vigor já prevê a jornada de 6h, e se é este o desejo uníssono da categoria, basta aos trabalhadores interessados solicitar às empresas a mudança de turno.

O que está na mesa para que a população não fique sem transporte coletivo é a dupla oneração do sistema – a menor produtividade causada pela redução da jornada e o tradicional reajuste anual.

Florianópolis já tem um dos maiores salários para as categorias de motoristas e cobradores do país, além de benefícios superiores ao do serviço público municipal, como: vale alimentação de R$ 380,00, participação sobre resultado (equivalente a 5% do salário nominal) pago a cada seis meses, entre outros.

Fazemos este esclarecimento para que a população entenda que as empresas estão abertas para negociações razoáveis envolvendo todas as partes – trabalhadores e usuários do setor – e que sejam minimamente saudáveis para a gestão tanto das empresas quanto do poder concedente (Prefeitura).

O que não podemos compactuar é com uma exigência economicamente inviável que trará prejuízos para todo o transporte coletivo da Capital.

A Direção

SETUF



Transporte coletivo na Grande Florianópolis terá bilhetagem eletrônica
fevereiro 7, 2012, 2:01 pm
Filed under: Transporte | Tags: ,

Novo sistema beneficia cerca de 80 mil usuários da região. Lançamento será nesta quinta-feira (09), no TICEN

         A partir de fevereiro, o transporte coletivo na Grande Florianópolis passa a contar com bilhetagem eletrônica. O “Sistema de Bilhetagem Eletrônica Intermunicipal Fácil” será operado em todas as linhas das empresas Biguaçu e Jotur, as pioneiras na implantação, que irá atender as cidades de Palhoça, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Antonio Carlos, Tijucas e São José. O lançamento será nesta quinta-feira (09), às 9h30, no Terminal de Integração do Centro (TICEN) de Florianópolis. Mais de 300 ônibus foram adaptados para o novo sistema, a cargo da Empresa 1 Soluções em Bilhetagem Eletrônica, de Belo Horizonte (MG). Com isso, cerca de 80 mil usuários das linhas operadas pelas empresas vão trocar o vale-transporte de papel por cartões com crédito recarregável.

A novidade utiliza um cartão inteligente do tipo smart-card e substitui o dinheiro e os passes de papel. Para utilizar basta aproximá-lo do equipamento validador, instalado no interior dos ônibus. O sistema fará o débito de créditos e a liberação automática da catraca, agilizando o processo de embarque e o tempo da viagem. Seguindo a mesma lógica do passe, não serão aceitos para pagamento de passagem a utilização do cartão de outra empresa diferente da qual se está sendo transportado. Para tanto, as empresas de ônibus disponibilizam cartões com artes diferenciadas, podendo assim serem facilmente identificados pelo usuário e pelo agente de bordo.

Os cartões serão implantados em fases, com ampla divulgação. O primeiro será o do tipo vale-transporte. “A bilhetagem eletrônica traz mais segurança para os usuários e para todo o sistema, pois reduz o volume de dinheiro nos veículos e com isso a possibilidade de assaltos”, atesta Waldir Gomes, presidente do Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo de Passageiros de Florianópolis (Setuf). Na Capital, depois da implantação da bilhetagem eletrônica em 2003, o número de assaltos em ônibus foi reduzido para quase zero, lembra Gomes. A novidade acaba também com a comercialização clandestina de vales e passes de papel. O eventual bloqueio de cartões extraviados ou roubados também poderá ser efetuado com segurança e rapidez. Outras vantagens são a agilidade no processo de embarque e a recuperação dos créditos anteriores no caso de emissão de segunda via.



Transporte: estudantes devem fazer recadastramento
fevereiro 3, 2012, 12:15 pm
Filed under: Transporte

Os estudantes que utilizam o cartão PASSERAPIDO nas linhas municipais da capital e intermunicipais da Grande Florianópolis podem aproveitar o período de férias para fazer o recadastramento com tranquilidade. O serviço está disponível no Terminal Integrado do Centro (TICEN) – escritório e Plataforma B – e pode ser feito também via internet (www.passerapido.com.br)  ou pelos telefones 3251-4114 e 3251-4108. Os créditos remanescentes dos cartões de 2011 podem ser utilizados no decorrer deste ano, sendo bloqueada a compra de novos créditos para os mesmos.

Os documentos necessários são a identidade ou certidão de nascimento, comprovante de matrícula carimbado ou assinado, comprovante de residência original e recente. O custo do serviço é de R$ 2,60. Para um cadastro novo, é obrigatória a presença do estudante.  As compras ficam liberadas após o recadastro e uma semana antes do início das aulas.