Palavracom's Blog


Ingressos para filmes no Cinesystem agora podem ser comprados com aplicativo no Facebook
maio 27, 2013, 9:42 pm
Filed under: Cinema, Inovação, Tecnologia | Tags:

Membros do “Clube da Pipoca” ganham pontos extras ao utilizar o aplicativo que permite a compra de ingressos com lugares marcados

A Rede Cinesystem Cinemas trouxe mais uma inovação para comodidade dos clientes, disponibilizando outra forma de aquisição de ingressos para as sessões de suas 90 salas no país. A partir deste mês de maio, os clientes do Cinesystem poderão escolher e comprar as entradas por um aplicativo exclusivo no Facebook. É uma solução da Rede para oferecer mais agilidade, comodidade e acessibilidade aos clientes, que já usufruem dos terminais de autosserviço nos multiplex.
“A Cinesystem é a primeira rede brasileira de cinemas a utilizar um aplicativo na rede social como opção para a compra de ingressos. É um projeto inovador, que traz mais conforto e possibilidades, já que o cliente poderá aproveitar o ambiente para conferir as novidades, interagir com amigos e garantir seu lugar na sessão e multiplex de preferência”, destaca a gerente de marketing da Rede, Sâmara Kurihara.
Além da comodidade, os mais de 86 mil integrantes do programa de fidelidade “Clube da Pipoca”, acumulam 30 pontos extras ao adquirir ingressos utilizando a nova ferramenta. Para usar o aplicativo, o internauta deve acessar a Fan Page da Rede Cinesystem Cinemas ou o link https://www.facebook.com/Cinesystem/app_116019698603078. Na própria ferramenta é possível combinar as opções desejadas e finalizar a compra, com ingressos marcados.



Investidores que abrirão negócios no Passeio Pedra Branca conhecem projeto da rua compartilhada
maio 16, 2013, 7:10 pm
Filed under: empreendedorismo, Inovação, Sustentabilidade | Tags:

Valério Gomes

Conceito da via diferenciada foi apresentado nesta quarta-feira (15) por diretores do empreendimento aos futuros lojistas do bairro

 Projetado com a missão de ser um dos melhores lugares para ser viver até 2020, o bairro planejado Pedra Branca, localizado em Palhoça, na Grande Florianópolis, construirá neste ano a primeira “rua compartilhada” do Brasil. O conceito desta via diferenciada foi apresentado nesta quarta-feira (15/5), em primeira mão, aos investidores que abrirão novos negócios no Passeio Pedra Branca, espaço privilegiado para lazer, trabalho, diversão e compras que está em construção no coração do novo centro do “bairro-cidade”.

De acordo com Valério Gomes, presidente do grupo que administra o empreendimento, a ideia é construir uma rua sem calçada, sem meio-fio, onde todos andam no mesmo nível e a prioridade é o pedestre. A chamada “rua compartilhada” já é conhecida. Ela existe em vários países e foi apresentada como ideal para o bairro após consultoria do Gehl Architects, um dos mais renomados escritórios de urbanismo do mundo. À frente desta realização, a arquiteta paisagista catarinense Juliana Castro destaca que a valorização do espaço público é um dos grandes diferenciais da Pedra Branca. “Cada elemento (do mobiliário as árvores) que integrará esta inovação urbana foi pensado para criar um lugar diferenciado para as pessoas conviverem” descreveu.

A apresentação aumentou ainda mais a expectativa dos futuros lojistas do bairro continental que estão em contagem regressiva para abertura de seus negócios no Passeio Pedra Branca a partir de setembro deste ano. É o caso do casal Cristina e Leandro Ramos, que abrirá uma loja de produtos naturais anexa a um café orgânico. “Escolhemos a Pedra Branca primeiro pelo fato de acreditarmos em seu projeto voltado para sustentabilidade, e depois por acreditarmos que essa área está em constante evolução e crescimento”, afirma Cristina.

Todo o diferencial deste novo ambiente é exaltado pela coordenadora do Passeio Pedra Branca, Nara Schutz, responsável por atrair marcas conhecidas como Hippo Supermercados, Subway, Sesi farmácias e Gelateria do Max para o bairro. “Além de prezar pelo conforto dos pedestres e ciclistas, o novo centro do bairro será elegante e exclusivo, de modo a criar um novo estilo de vida entre os moradores”, frisa.

 Conceito Rua Compartilhada

 Para que a prioridade aos pedestres fique em evidência, demarcações limitarão o acesso aos automóveis nas faixas laterais. Já para os pedestres, o caminho será livre. “O pedestre poderá andar por onde quiser. Se atravessar na frente de um carro, este terá que parar para que ele passe”, explica Dilnei Bittencourt, um dos engenheiros responsáveis pelo projeto Para isso, a velocidade dos automóveis em nenhuma hipótese passará de 10km/h.  A rua não será uma via exclusiva de ligação. Com exceção de quem mora ou trabalha no local, quem não está disposto a trafegar em uma velocidade tão baixa, pode pegar outros trajetos. O trecho, com cerca de 250 metros (aproximadamente três quarteirões), ligará à Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) a praça central do bairro e terá iluminação sofisticada e pavimentação de basalto.

 



Coordenador da Juventude tenta atrair jovens à vida política
abril 11, 2013, 2:45 pm
Filed under: Comércio, Inovação, Responsabilidade Social

Guilherme Pontes pede apoio à CDL Jovem de Florianópolis para seu projeto

O coordenador da Juventude da Prefeitura da Capital, Guilherme Pontes, pediu o apoio dos integrantes da CDL Jovem de Florianópolis para um projeto de lei de iniciativa popular com que ele pretende atrair a participação dos jovens na vida política. Pontes quer que os jovens florianopolitanos se engajem na coleta de assinaturas para que o projeto possa ser encaminhado e, com isso, fortaleçam seu conceito de participação política. O pedido de apoio foi feito durante a última reunião da CDL Jovem, na quarta-feira (10), para a qual ele foi convidado para falar sobre a Coordenadoria – segmento ligado ao gabinete do prefeito – e sobre o Conselho da Juventude.

O projeto de lei tem a ver com a saúde: pretende criar uma lei municipal que proíba a exposição de cigarros nos estabelecimentos comerciais na forma como vem sendo feita hoje – próximo de chocolates e doces – para evitar que “o fumo seja confundido com uma coisa boa”. Mais que a intenção de conseguir uma lei antitabagista, porém, o projeto tem o intuito de despertar o interesse do jovem em participar ativamente da realidade política brasileira, independentemente de sua tendência partidária, e isso pode ser conseguido “se o jovem sentir que faz parte do processo”.

Guilherme Pontes disse que, apesar de ter um orçamento bastante reduzido, a Coordenadoria da Juventude vem fazendo um trabalho incansável, promovendo reuniões temáticas, reunindo entidades representativas dos jovens e tentando construir políticas públicas com foco na juventude.

Sobre o Conselho da Juventude, o coordenador disse que, apesar de ter sido criado em 2010, só agora ele se reuniu, está elaborando seu estatuto e promovendo audiências públicas para tornar-se conhecido. O Conselho está promovendo também debates mensais, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, a respeito de temas como “A atuação policial e a juventude da periferia”, “O uso de drogas lícitas e ilícitas e a internação compulsória” e “Criminalidade e maioridade penal”.



Fórum apresenta estratégias para alavancar mercado de esquadrias de PVC no Brasil
abril 8, 2013, 5:15 pm
Filed under: Indústria, Inovação, Sustentabilidade, Tecnologia | Tags: ,

Enquanto a Europa e os Estados Unidos consomem quase 50% do total de esquadrias de PVC para portas e janelas produzidas no mundo, o Brasil é responsável por menos de 5% do total. Mas o setor aposta no bom momento da construção civil para seguir crescendo no mercado nacional.
A subsidiária da maior fabricante mundial de sistemas para perfis de PVC, a VEKA Brasil, sediada em Biguaçu, na Grande Florianópolis, fechou 2012 com aumento de 23% nas vendas, média bastante superior ao crescimento mundial da rede, que encerrou o ano com alta de 14,5%. Nos últimos três anos, o avanço médio foi de 34%.
Os bons números e as estratégias para manter a média de crescimento serão apresentados aos representantes das fabricantes credenciadas de todo o país durante o Fórum Nacional da VEKA Brasil, em Florianópolis. O evento acontece nos dias 10 e 11 de abril, no Hotel Intercity.
Novos produtos também serão lançados no encontro, com linhas mais versáteis e econômicas, além das Capas de Alumínio, que atendem às necessidades de quem não pode promover alterações na fachada de condomínios. Nesse caso, a esquadria de PVC recebe um revestimento, mas mantém suas características de segurança, conforto acústico, durabilidade e sustentabilidade.



Com apoio da CDL de Florianópolis, cidade ganha primeiro portal de serviços para micro e pequenas
março 26, 2013, 7:37 pm
Filed under: Comércio, empreendedorismo, Gestão, Inovação, Tecnologia

NexxCity permite gerenciamento financeiro e pagamentos online com custos a partir de R$ 30 por mês

 

Com apoio da CDL de Florianópolis e a presença da vice-presidente da entidade. Sara Camargo, o Grupo Nexxera lançou nesta segunda-feira (25) o primeiro portal da internet para micro e pequenos empreendedores, que, em função dos custos da implementação do sistema, ainda não utilizavam serviços online para gerenciamento financeiro, pagamentos e emissão de nota eletrônica. Agora, a um custo mensal que varia entre R$ 30 e R$ 220, eles podem utilizar o primeiro portal do país que disponibiliza este tipo de serviço.

O projeto Nexxcity havia sido prometido pelo presidente da Nexxera, Edson Silva, quando a empresa – que há 20 anos desenvolve soluções na área financeira e corporativa e tem como clientes 300 das 500 maiores empresas do país – recebeu da Assembleia Legislativa, pela segunda vez, o prêmio de empresa cidadã. “Os micro e pequenos empresários são responsáveis por 25% do PIB brasileiro e geram mais de 60% dos empregos do país. O problema é que muitas empresas quebram por falta de gerenciamento financeiro, por não saber administrar o que têm para receber. Esta iniciativa não nasceu de uma ideia, mas da necessidade do mercado”, ressaltou.

Em vez de arcar com custos de implantação de sistemas e softwares, que podem custar algumas dezenas de milhares de reais, fora a manutenção mensal, segundo ele, com o NexxCity “é possível ter um sistema completo de gestão financeira, fluxo de caixa e antecipação de recebíveis a partir de R$ 100”. Com abrangência nacional, o NexxCity terá inicialmente duas bases de apoio para atendimento e treinamento na Capital, uma delas na sede do Grupo Nexxera e outra na CDL de Florianópolis. Segundo Edson Silva, o serviço já deve estar inteiramente disponível aos usuários a partir de abril.  Outro aplicativo à disposição – e gratuito – é o Yupee, um gerenciador financeiro pessoal que permite também receber e pagar boletos, além de guardar os comprovantes.

A empresa, através do Instituto Nexxera, já foi parceira da CDL de Florianópolis num projeto de qualificação profissional – o curso “Aprender a Vender”, destinado a comunidades carentes – realizado no final do ano passado. “A Nexxera já é nossa parceira em outra atividade da área social e temos tudo para ter outra feliz parceria”, disse Sara Camargo. “O que vocês estão oferecendo é a informação. E quem tem a informação sai na frente. Vamos crescer muito com isso.”

“O futuro econômico de Florianópolis é a indústria do conhecimento, a economia criativa. Vamos incentivar as empresas locais a utilizarem este serviço para que a cidade seja reconhecida pelo potencial inovador”, assinalou o prefeito Cesar Souza Junior. O lançamento do portal aconteceu no auditório da Fecomércio, também apoiadora da iniciativa, assim como a Prefeitura.



Sapiens Parque S.A realiza sessão pública com investidores para elaboração de novo edital
janeiro 23, 2013, 6:37 pm
Filed under: Inovação, Tecnologia | Tags:

Encontro será uma oportunidade de conhecer em detalhes o prospecto técnico dos dois modelos em consulta pública

 O Sapiens Parque S.A promove nesta quinta-feira (24), às 15 horas, uma sessão pública em sua sede, no norte da Ilha de Santa Catarina, entre as praias de Canasvieiras e Cachoeira do Bom Jesus (Avenida Luiz Boiteux Piazza, 1302), para discutir com investidores o Processo de Consulta Pública para elaboração do edital das novas fases do Sapiens Parque.

O encontro será uma oportunidade de conhecer em detalhes o prospecto técnico dos dois modelos em consulta pública, onde serão apresentadas as principais informações que irão compor o próximo edital do Sapiens Parque. Nele estará contemplado uma área de intervenção de 350 mil m² com potencial construtivo de 150 mil m² de edificações e infraestrutura, com previsão de investimentos na ordem de R$ 45 milhões.

O processo de consulta pública tem a intenção de interagir com o mercado de potenciais investidores e empreendedores, recebendo suas sugestões e informações para aperfeiçoamento do edital público que será lançado em março deste ano.

 



Sapiens Parque comemora lançamento da Softplan
janeiro 10, 2013, 8:30 pm
Filed under: Inovação, Tecnologia | Tags:

O Sapiens Parque recebeu hoje (10) um importante reforço para promover o desenvolvimento de segmentos econômicos que são vocação em Florianópolis. Com a presença do governador Raimundo Colombo, foi lançada a pedra fundamental da futura sede da Softplan/Poligraph, uma das maiores empresas de softwares de gestão do Brasil. O ato consolidou os bons números do Sapiens, que alcançou a captação de R$ 100 milhões em investimentos. “Com esse empreendimento, o Sapiens está consolidado. Seremos certamente o Vale do Silício da América do Sul”, afirmou o diretor-presidente do Sapiens, Saulo Vieira.

Enaltecendo o espírito empreendedor dos catarinenses, o governador Raimundo Colombo reafirmou seu apoio absoluto ao setor de inovação e tecnologia. “Estamos aqui diante das pessoas que protagonizaram esse processo, oferecendo mão de obra diferenciada. Sempre digo que Santa Catarina reúne o espírito empreendedor de São Paulo e as belezas do Rio de Janeiro”, comemorou o governador.

Cerca de R$ 38 milhões serão investidos pela Softplan/Poligrapf no empreendimento, uma moderna instalação com 28 mil m2 de área total com capacidade para abrigar 1.200 colaboradores. Em obras há 60 dias, o edifício terá à disposição todas as tecnologias e facilidade para se consolidar como referência em edificação sustentável e atividades de desenvolvimento tecnológico e inovação.

Para um dos diretores da Softplan/Poligraph, Moacir Marafon, o empreendimento consolidará a ampliação e os objetivos de expansão da empresa no mercado de desenvolvimento de softwares de gestão. “A decisão de investir na nova sede atende a perspectiva de crescimento da empresa baseado no nosso histórico recente – nos últimos cinco anos, quadruplicamos o número de funcionários”, explicou Marafon, destacando que a empresa tem mais de 1.500 clientes e mais de 1.200 colaboradores. “Faturamos menos de 15% em Santa Catarina, o restante vem de fora. O Sapiens vai mudar a matriz econômica da Ilha”, observou o empresário.

Na ocasião, também foram assinados contratos para a implantação de novas edificações com as empresas Reason Tecnolgogia, Sustentar Engenharia e Neoway Soluções Tecnológicas. No ano passado, esses empreendimentos, envolvendo empresas de Florianópolis, foram licitados pelo parque. Com isso, a contar pelos negócios já fechados, os investimentos superaram a marca de R$ 100 milhões e deverão abrigar juntos aproximadamente três mil profissionais. Também foi anunciado o processo de consulta pública para realização de investimentos privados para as próximas etapas de implantação do parque.

Sobre a Softplan/Poligraph
A Softplan/Poligraph é uma das maiores empresas do Brasil com foco no desenvolvimento de softwares de gestão. Desde 1990, a empresa atua de modo a tornar a gestão pública e privada no país mais transparente, eficiente e ágil com o uso de tecnologias modernas e inovadoras. Suas soluções já estão presentes em todos os estados brasileiros, em países da América Latina e nos Estados Unidos.

Sobre o Sapiens Parque
Em uma área de 435 hectares, no norte da Ilha de Santa Catarina, o Sapiens Parque é um parque de inovação concebido para ser referência em inovação, pesquisa, tecnologia e sustentabilidade. O empreendimento deverá alavancar investimentos na ordem de R$ 2,43 bilhão, incluindo terreno, infraestrutura e prédios, gerando cerca de 27 mil empregos diretos e 33 mil indiretos ao longo dos próximos 10 anos.