Palavracom's Blog


Gorjetas ficam de fora da base de cálculo do ICMS em estabelecimentos de Santa Catarina
junho 21, 2013, 6:15 pm
Filed under: Hotelaria | Tags: ,

Após um período de negociações junto à Secretaria da Fazenda, o Conselho Estadual da CNTur, a Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Santa Catarina (Fhoresc) e o Sindicato (SHRBS) de Florianópolis conquistaram uma vitória para o setor: a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a gorjeta. A partir deste mês de junho, a taxa de serviço de 10% fica de fora da base de cálculo do ICMS nos estabelecimentos de todo o estado.

A notícia foi recebida com entusiasmo pelo presidente da Fhoresc, Estanislau Bresolin. “Essa conquista tem um sabor ainda mais especial para o empresário Beto Barreiros, que foi o idealizador e principal incentivador”, afirma. Na redação do Convênio 23/13, Santa Catarina se junta aos demais estados que já eram autorizados a excluir a gorjeta da base de cálculo do ICMS e, a partir de agora, o usufruto do benefício fica submetido às regras da legislação estadual.

A primeira proposta para retirada dos impostos sobre a gorjeta foi apresentada em julho do ano passado e, desde então, sua aprovação era vista com otimismo.  Para as entidades do setor, a decisão da Secretaria da Fazenda é louvável, já que a desoneração é fundamental para estimular mais investimentos no segmento e na qualificação de mão de obra. “O Convênio atende aos interesses comuns das três partes envolvidas nesse processo, os consumidores, empregados e empregadores”, ressalta Bresolin.

Anúncios


Taxa de ocupação hoteleira em Florianópolis em 2012 está acima da média das principais capitais brasileiras
abril 22, 2013, 9:31 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags: ,

Pesquisa revelou média de 4,1% de queda na ocupação em 2012 em seis capitais, enquanto Florianópolis registrou alta de 1,6%

Em comparação com a média de outras capitais brasileiras, o setor hoteleiro de Florianópolis pode se considerar um alvo menos certeiro do respingo negativo referente ao baixo crescimento do PIB, à lenta recuperação econômica americana e à crise europeia. De acordo com uma pesquisa divulgada quinta-feira (18), feita em seis capitais pela HotelInvest, em 2012 a taxa de ocupação dos hotéis tiveram queda de 4,1% em relação ao ano anterior, e em contrapartida, houve um aumento de 8% nas diárias. As cidades pesquisadas foram São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba.

Já em Florianópolis, estudos realizados mensalmente pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) do município, revelaram que, ao contrário desta média, a capital catarinense registrou leve alta de 1,6% na ocupação em 2012, em relação ao ano anterior. Para Tarcísio Schmitt, presidente do SHRBS, é mais um motivo para comemorar. “Esse aumento, apesar de pequeno, pode ser considerado muito bom para o período, principalmente se comparado às demais capitais.”.



Aposentadoria especial para garçons é contestada
agosto 9, 2012, 8:56 pm
Filed under: Hotelaria | Tags: , , , ,

Apesar de ser a favor do benefício, entidade patronal lamenta que o custo fique somente com as empresas

Causou indignação entre as entidades que representam hotéis, bares e restaurantes a aprovação no Senado da Lei Suplementar 652/11, que concede aposentadoria especial para garçons, maitres, cozinheiros e confeiteiros. A proposta , que agora segue para aprovação na Câmara, é contestada por Estanislau Bresolin presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC (Fhoresc). Apesar de ser a favor do benefício, ele lamenta que a Lei transfere o ônus somente para as empresas. “Ao fazer jogo político com uma classe, nossos legisladores prejudicam milhares de micro e pequenas empresas do setor”, contesta.

A matéria, aprovada na última terça-feira (7), por 60 votos a favor e uma abstenção, prevê aposentadoria especial, com redução de cinco anos do tempo de trabalho para a concessão do benefício. O autor do projeto, senador Gim Argello (DF), resolveu repassar a despesa extra para as empresas e, em última instância, para os clientes. O texto prevê acréscimo de 1% no valor da contribuição dos estabelecimentos.

Bresolin lamenta que os senadores tenham previsto o repasse ao consumidor de antemão. “O próprio relator da matéria, Vicentinho Alves (PR-TO), afirmou que esse custo tende a ser estendido aos clientes”, explica. A aposentadoria especial é concedida a pessoas que trabalharam em condições prejudiciais à saúde ou à integridade física. Para Gim, esse é o caso dos profissionais de bares e restaurantes, “cujo serviço se caracteriza por submetê-los a longos períodos de permanência em pé e pela constante tensão dos músculos, tendões e ossos decorrente do esforço de carregar os pedidos, equilibrando-os durante o percurso até as mesas e durante o serviço, no caso dos garçons, e de se expor à forte variação de temperatura, em câmaras frigoríficas, fogões e fornos, no caso dos cozinheiros e confeiteiros”.



Ocupação média dos hotéis em Florianópolis chega a 80% no Carnaval
fevereiro 24, 2012, 5:50 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags:

Nas praias, leitos tiveram aumento de 18,5% em relação ao ano passado

Cinco dias de sol, praias e centro lotados e um dos melhores resultados para a hotelaria nos últimos anos. O Carnaval de 2012 teve uma ocupação média de 79,8%, segundo o Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Florianópolis (SHRBS), índice 10,4% superior ao registrado no ano anterior – 72,3%. Nas praias da Capital, a média foi de 88,5%, um aumento de quase 20% na comparação com 2011. Outro crescimento relevante foi nos hotéis do continente, que tiveram ocupação de 66,9%.

Para o presidente do Sindicato, Tarcísio Schmitt, uma combinação de fatores ajudou o setor a registrar este aumento. “O calendário foi o mais importante fator, pois o Carnaval em fevereiro atrai muito mais turistas do que em março, quando muitos já retornaram das férias. Além disso, tivemos um clima muito favorável, com sol e calor durante todo o feriado”, lembrou. “As festas nas praias e a tradição dos blocos no centro e bairros, além do desfile das escolas de samba também ajudam Florianópolis a se tornar um dos principais destinos do sul do país durante o Carnaval”, acrescenta Schmitt.




Carnaval 2012 deve ter ocupação superior ao ano passado em Florianópolis
fevereiro 15, 2012, 4:43 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags: ,

No centro e praias, hotéis devem ter mais de 80% de lotação

 O Carnaval deste ano promete ser melhor do que o de 2011 para os hoteleiros de Florianópolis. A dois dias do início da folia, a perspectiva do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (SHRBS) da Capital é de uma ocupação média de 77,8% dos leitos, percentual superior aos 73,4% registrados no ano passado. Para Tarcísio Schmitt, presidente da entidade, a explicação está no calendário: “está comprovado que quando o Carnaval acontece em fevereiro, é muito melhor para o setor turístico”. Em 2011, a festa aconteceu em março, período em que a maioria dos brasileiros já está trabalhando e estudando, o que prejudica destinos turísticos como Florianópolis.

De acordo com a expectativa dos hoteleiros, a ocupação nas praias e no centro da cidade, onde ocorrem as principais festas e desfiles de blocos e escolas de samba, deve ser superior a 82%, uma variação de 8% frente ao ano passado. “A temporada deste ano tem tudo para ser melhor que a de 2011. Dependendo do Carnaval, fevereiro pode fechar com movimento até  15% superior” , calcula Schmitt.



Chuva reduz ocupação hoteleira durante Réveillon em Florianópolis
janeiro 3, 2012, 4:14 pm
Filed under: Hotelaria, Turismo | Tags: ,

 Mesmo com queda de 8,4% no período, temporada em Florianópolis deve ser positiva

 Apesar da previsão de estabilidade em relação ao ano passado, as chuvas neste final de ano fizeram com que a ocupação hoteleira tivesse redução média de 8,4% em relação ao Réveillon 2011. Os hoteis de Florianópolis fecharam com uma média de 79,7% de quartos ocupados, o que não deixa de ser um bom número, na opinião de Tarcísio Schmitt, presidente do Sindicato dos Hoteis, Bares, Restaurantes e Similares de Florianópolis (SHRBS). “Vários estabelecimentos tiveram aumento nas reservas, principalmente os de alto padrão”, explica.

Mesmo com este resultado, Estanislau Bresolin, presidente da Federação dos Hoteis, Bares, Restaurantes e Similares de Santa Catarina (Fhoresc), prevê para esta temporada um aumento de 5% em relação à registrada no verão passado. “Ainda temos o Carnaval e diversos eventos, principalmente musicais, que devem aquecer o setor”, afirma Bresolin, reforçando que a divulgação de Florianópolis nas mídias nacional e do exterior também funcionam como um chamariz. “Sem contar que, hoje, Florianópolis é a preferida entre as diversas celebridades que escolhem o litoral brasileiro durante o verão”, conclui.