Palavracom's Blog


Com apoio da CDL de Florianópolis, cidade ganha primeiro portal de serviços para micro e pequenas
março 26, 2013, 7:37 pm
Filed under: Comércio, empreendedorismo, Gestão, Inovação, Tecnologia

NexxCity permite gerenciamento financeiro e pagamentos online com custos a partir de R$ 30 por mês

 

Com apoio da CDL de Florianópolis e a presença da vice-presidente da entidade. Sara Camargo, o Grupo Nexxera lançou nesta segunda-feira (25) o primeiro portal da internet para micro e pequenos empreendedores, que, em função dos custos da implementação do sistema, ainda não utilizavam serviços online para gerenciamento financeiro, pagamentos e emissão de nota eletrônica. Agora, a um custo mensal que varia entre R$ 30 e R$ 220, eles podem utilizar o primeiro portal do país que disponibiliza este tipo de serviço.

O projeto Nexxcity havia sido prometido pelo presidente da Nexxera, Edson Silva, quando a empresa – que há 20 anos desenvolve soluções na área financeira e corporativa e tem como clientes 300 das 500 maiores empresas do país – recebeu da Assembleia Legislativa, pela segunda vez, o prêmio de empresa cidadã. “Os micro e pequenos empresários são responsáveis por 25% do PIB brasileiro e geram mais de 60% dos empregos do país. O problema é que muitas empresas quebram por falta de gerenciamento financeiro, por não saber administrar o que têm para receber. Esta iniciativa não nasceu de uma ideia, mas da necessidade do mercado”, ressaltou.

Em vez de arcar com custos de implantação de sistemas e softwares, que podem custar algumas dezenas de milhares de reais, fora a manutenção mensal, segundo ele, com o NexxCity “é possível ter um sistema completo de gestão financeira, fluxo de caixa e antecipação de recebíveis a partir de R$ 100”. Com abrangência nacional, o NexxCity terá inicialmente duas bases de apoio para atendimento e treinamento na Capital, uma delas na sede do Grupo Nexxera e outra na CDL de Florianópolis. Segundo Edson Silva, o serviço já deve estar inteiramente disponível aos usuários a partir de abril.  Outro aplicativo à disposição – e gratuito – é o Yupee, um gerenciador financeiro pessoal que permite também receber e pagar boletos, além de guardar os comprovantes.

A empresa, através do Instituto Nexxera, já foi parceira da CDL de Florianópolis num projeto de qualificação profissional – o curso “Aprender a Vender”, destinado a comunidades carentes – realizado no final do ano passado. “A Nexxera já é nossa parceira em outra atividade da área social e temos tudo para ter outra feliz parceria”, disse Sara Camargo. “O que vocês estão oferecendo é a informação. E quem tem a informação sai na frente. Vamos crescer muito com isso.”

“O futuro econômico de Florianópolis é a indústria do conhecimento, a economia criativa. Vamos incentivar as empresas locais a utilizarem este serviço para que a cidade seja reconhecida pelo potencial inovador”, assinalou o prefeito Cesar Souza Junior. O lançamento do portal aconteceu no auditório da Fecomércio, também apoiadora da iniciativa, assim como a Prefeitura.

Anúncios


FCDL/SC vê com bons olhos redução na contribuição à Previdência
dezembro 20, 2012, 7:18 pm
Filed under: Comércio, Gestão

Além do reflexo nos preços, medida pode trazer investimentos ao varejo

 

O presidente da Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC), Sergio Medeiros, disse ver com bom olhos a mudança no sistema de cobrança da contribuição previdenciária do comércio – de 20% sobre a folha de pagamento para 1% sobre o faturamento – porque a desoneração tributária além de significar preços menores ao consumidor, representa a possibilidade de reinvestimento por parte do varejista. “Ele vai contratar mais funcionários, investir em melhores instalações, melhores equipamentos, e isso volta como benefício para o próprio consumidor”, resumiu.

“Quando foi concedida essa desoneração para a indústria, nós perguntamos: por que não também para o comércio? Agora, está feito o equilíbrio”, afirmou. “Foi uma boa notícia, que terá uma repercussão bastante positiva.”

Sobre a prorrogação das alíquotas mais baixas do IPI para automóveis, produtos da linha branca e móveis, o presidente da FCDL/SC disse que a medida era necessária. “O movimento já não está muito bom; se não houvesse o incentivo do IPI menor, a situação ficaria ainda mais complicada”, avaliou. Apesar de aprovar a extensão do desconto, Sergio Medeiros acha que as reduções do IPI não tiveram até agora a repercussão esperada no comércio.



Pedro Paulo encerra mandato com realizações marcantes
dezembro 7, 2012, 1:43 pm
Filed under: Comércio, Gestão

À frente da CDL de Florianópolis, ele deixa legado indiscutível à cidade

 

“Tenho procurado representar bem a entidade e toco minha empresa paralelamente. Faço de tudo para não comprometer nem uma coisa nem outra. Nunca tive o objetivo de ser presidente, não me preparei para isso, mas aconteceu.”

Ditas numa palestra em maio deste ano a jovens empreendedores, as palavras moderadas de Pedro Paulo de Abreu, que encerra este mês dois mandatos seguidos na presidência da CDL de Florianópolis, subestimam o que sua gestão representou para o comércio em geral e para a própria cidade.

É indiscutível que ele deixa realizações inesquecíveis, por marcantes que foram. Basta lembrar as mais recentes, que afetam diretamente a população: o resgate histórico e urbanístico da rua Jerônimo Coelho – que homenageia o patrono da imprensa catarinense e se transforma na primeira rua temática da Capital – e o projeto Felipe Schmidt Digital, que proporciona o acesso gratuito à internet aos frequentadores do calçadão do Centro.

Mas não é só isso. Sob a presidência do homem que comanda 24 lojas e 650 funcionários na rede Carioca Calçados, a cidade ganhou uma opção de roteiro turístico que só encontra paralelo em Dijon, da França: o Roteiro Autoguiado do Centro Histórico mudou a maneira de moradores e turistas olharem o casario, a catedral, a figueira… Nada como noções de história para valorizar a própria História.

Em termos de varejo, foi na gestão dele que o comércio começou a estender seu horário aos sábados – e mais ainda aos sábados anteriores a datas festivas – para dar mais condições a que a população florianopolitana faça suas compras tranquilamente, e consequentemente aumente as vendas. Também como incentivo ao movimento nas lojas, foi instituída a promoção Compra Premiada, que oferece dois automóveis em sorteio aos compradores do comércio de Florianópolis.

No que se refere ao engajamento social, a CDL de Florianópolis faz parte de fóruns e conselhos municipais ligados ao turismo, à gestão de resíduos sólidos, ao combate à pirataria e ao desenvolvimento regional (como o Conselho Metropolitano de Desenvolvimento, o Comdes, que luta pela construção do anel viário da BR-101). Nos dois anos em que Pedro Paulo esteve à frente da entidade, foram criados o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do Centro e o projeto Recicla Bem Floripa.



João Batista Lohn toma posse na presidência da CDL de Florianópolis
dezembro 7, 2012, 1:40 pm
Filed under: Comércio, Gestão

O empresário João Batista Lohn será empossado formalmente na presidência da CDL de Florianópolis nesta sexta-feira (7), para um mandato de um ano, substituindo a Pedro Paulo de Abreu. Na vice-presidência, assume a empresária Sara Toscan Camargo, com Lidomar Bison como diretor-secretário, Ernesto Caponi na função de diretor-tesoureiro e Marco Aurélio Santos como diretor de SPC.

A CDL de Florianópolis foi a primeira entidade lojista de Santa Catarina, fundada em agosto de 1960, e é maior do segmento no estado, com mais de 3.500 associados e maior número de consultas mensais ao Serviço de Proteção ao Crédito.

As principais metas da próxima diretoria são ampliar os esforços pela qualificação e a promoção do comércio da capital catarinense, em especial nos bairros e balneários da cidade, além de persistir nas ações de valorização e resgate do centro histórico e em favor do desenvolvimento econômico sustentável de Florianópolis.



Ricardo Fonseca é reeleito presidente da AsBEA
novembro 28, 2012, 6:40 pm
Filed under: Arquitetura, Gestão

Presidente anuncia disposição da entidade de ser parceira da futura administração

O arquiteto Ricardo Martins da Fonseca foi reeleito, dia 27, presidente da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura – Regional SC (AsBEA) para o período 2012-2014. Em assembleia geral ordinária realizada no Happy Hour da AsBEA,  os arquitetos deram apoio unânime à chapa única liderada por Fonseca, que pretende ampliar o número de escritórios associados para 60 até o final da gestão.

“A AsBEA vai ser proativa e propositiva”, definiu Fonseca em relação à maneira como a entidade pretende atuar diante da futura administração municipal da Capital. “Queremos colaborar para que muitas das questões discutidas na campanha se realizem”, observou.

O anúncio do urbanista Dalmo Vieira Filho para ocupar a Secretaria de Desenvolvimento Urbano foi destacado por Fonseca. “Os arquitetos ficaram felizes com a indicação do colega Dalmo Vieira. É um técnico com experiência nacional e internacional, que conhece a captação de recursos”, observou Fonseca, que pretende agendar um encontro da entidade com o prefeito eleito, Cesar Souza Júnior e o vice, João Amin.

A exemplo da escolha de Dalmo Vieira para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Fonseca defende que o Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf)  tenha à frente também um técnico. “Que seja uma pessoa técnica, que conheça os problemas da cidade e esteja empenhado em colocar em prática as ações cruciais como o reaparelhamento do órgão, com a contratação de novos técnicos”, observou.

CONFIRA A CHAPA 2012-2014:

PRESIDENTE

RICARDO MARTINS DA FONSECA

VICE-PRESIDENTE COMUNICAÇÃO E CIDADANIA

EDUARD WOLFGANG V. E. NARDI

 

VICE-PRESIDENTE ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO

JULIANA CASTRO

 

VICE-PRESIDENTE MARKETING E EVENTOS

RONALDO MATOS MARTINS

 

VICE-PRESIDENTE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

LILIAN MENDONÇA

 

SUPLENTES

HENRIQUE PIMONT

TATIANA FILOMENO

 

CONSELHO DELIBERATIVO

ANDRÉ FRANCISCO CÂMARA SCHMITT

RICARDO MARTINS DA FONSECA

GIOVANI BONETTI

 

CONSELHO FISCAL

ROBERTO RODRIGUES SIMON

MARIA LÚCIA MENDES GOBBI



ECOM 2012: Mundo do comércio eletrônico vem a SC
novembro 21, 2012, 5:42 pm
Filed under: Comércio, empreendedorismo, Gestão, Inovação

Seminário promovido pela FCDL SC aborda tendências e oportunidades da era digital para o varejo  

 

                Um setor que multiplicou seu faturamento por 30 em dez anos e que no ano passado realizou transações comerciais com 9 milhões de brasileiros será tema de um encontro que vai mobilizar a web, as mídias sociais, o universo digital e, claro, os empresários do varejo: sob patrocínio da Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC), a Grande Florianópolis vai tratar do comércio pela internet ao receber, nesta quinta-feira (22), o ECOM 2012, o II Seminário Nacional de Comércio, Negócios e Meios de Pagamento, que vai acontecer na sede dos Correios no bairro Floresta, em São José (à margem da BR-101).

Não poderia haver assunto mais pontual para o varejo em geral: o comércio eletrônico faturou nada menos que R$ 31,7 milhões em 2011 e vem a cada ano tornando-se mais acessível às classes populares: 61% dos compradores no ano passado pertenciam à classe “C” e 38% declararam renda familiar entre R$ 1 mil e R$ 3 mil. O ECOM 2012 deve abordar vários aspectos que envolvem o desenvolvimento do setor de e-commerce, suas estratégias, a logística, a tecnologia e suas expectativas para o futuro. Até como montar uma loja virtual o encontro irá ensinar.

O novo mundo dos negócios na era digital e a Copa de 2014 é a primeira palestra do evento, às 10 horas, a ser proferida pelo diretor-geral da ECOM 2012, o jornalista Marcelo Castro, especialista em marketing estratégico e comunicação institucional. Depois dele, Luciano Rego, do Sebrae, vai falar sobre Empreendedorismo na era digital. Ainda no período da manhã, Felipe Ronan, executivo do UOL, fala sobre Como as PMEs podem alavancar o seu negócio pelo comércio eletrônico e Natália Hespanholeto, da Redecard, explica Como se preparar para o futuro do e-commerce.

À tarde, quatro palestras: Logística no comércio eletrônico (por Marco Antônio Bendin, dos Correios), Como entrar no mundo dos negócios eletrônicos (por Luís Henrique Pelizon, executivo da Ciashop), Tecnologia e mobilidade – Um mundo de oportunidades para os negócios(por Márcio Galina, da Vivo) e Estratégias de redes sociais para empresas (pelo sócio-diretor da Facileme, Rodrigo Demétrio).

Para finalizar, um curso: Montando uma loja virtual (conceitos & prática), apresentado pelo consultor e especialista em comércio eletrônico Fábio Vargas.



Angela Albino: “estímulo ao comércio é ter legislação clara e fiscalização eficiente”
agosto 29, 2012, 6:07 pm
Filed under: Comércio, Gestão, Mobilidade | Tags: ,

Candidata do PCdoB é sabatinada por lojistas em encontro na CDL de Florianópolis

 A candidata do PCdoB à prefeitura da Capital, Angela Albino, defendeu nesta terça (28), durante sabatina a diretores e conselheiros da CDL de Florianópolis, que a cidade precisa crescer, mas dentro de um planejamento. Terceira postulante ao cargo ouvida pela entidade (após Cesar Souza Junior, do PSD e Elson Pereira, do PSOL), ela discorreu diante dos empresários do comércio sua visão política e o que pretende colocar em prática se eleita.

Um dos temas mais recorrentes no debate foi o transporte municipal e as seguidas greves que paralisam a cidade. “A prefeitura atualmente não dialoga nem com empresários nem com trabalhadores e eu quero evitar greve. Até as empresas estão no limite financeiro”, disse Angela, que completou 43 anos na noite do encontro.

Com relação aos vendedores ilegais, a ex-vereadora e deputada estadual defendeu a formalização e a criação de cooperativas dos que moram na cidade e disse que, para o comércio formal, “o melhor estímulo é ter uma legislação clara e uma fiscalização eficiente”.

A revitalização da região central de Florianópolis, uma das principais bandeiras da CDL, também foi destacada pela candidata, que recebeu alguns exemplares do Roteiro Autoguiado do Centro Histórico, projeto do professor Antônio Pereira Oliveira que foi realizado pela CDL. Ainda em relação a projetos culturais, Angela questionou a gestão do poder municipal. Nos últimos quatro anos, a prefeitura enviou apenas 23 projetos para o Ministério da Cultura e obteve R$ 1,8 milhão em recursos recebidos. Blumenau, que enviou 33 projetos, recebeu R$ 26 milhões enquanto Joinville, com 56 projetos, arrecadou R$ 39 milhões.

Ao final da apresentação, a candidata recebeu um documento com as propostas do varejo para a próxima gestão. “Saímos destes encontros com um relacionamento ainda mais fortalecido com o poder público, seja quem for o vencedor das eleições”, comenta Pedro Paulo de Abreu, presidente da entidade. O quarto e último participante dos debates com lojistas é o candidato da situação Gean Loureiro (PMDB), convidado do dia 11 de setembro.